Tá rolando!

Sem Título Técnica Mista – Elver Savietto (um filme de: Madeleine Alves)

Fala Galera, tudo beleza?

Esse é o primeiro post da seção TÁ ROLANDO, seção que tem o objetivo de dar uma força pra galera que produz cultura na Baixada Santista a tirar seus projetos do papel!

Eu não poderia começar com outro projeto se não esse da produtora cultural e minha amiga Madeleine Alves, que tem no seu currículo a direção do curta metragem Ilusionismo, filme que foi premiado na 9ª edição do Curta Santos – com roteiro e direção de Madeleine  – na categoria voto popular com mais de 3200 votos, além de participações e outros curtas como Os canais de Saturnino.

Nesse projeto a produtora conta um pouco da trajetória de outro artista que admiro muito, o artista plástico e artesão Elver Savietto, que se dedica a produção artística e a ensinar sua arte há mais de 30 anos. Posso afirmar que Elver além de um artista singular é uma pessoa maravilhosa, com um coração ímpar que poucas vezes vi nesse mundo.

Esses dois artistas por si só já merecem o seu apoio, mas eles não são os únicos na equipe de Sem Título Técnica Mista. O curta conta ainda com a participação do jornalista Lincoln Spada, que publicou recentemente o livro Cracolândia: território do abraço, baseado nas histórias que ouviu durante o tempo em que acompanhou os projetos de acolhimento social da prefeitura de São Paulo na região da Luze ainda com a direção de fotografia de Rodrigo Montaldi Morales, direção de som de Jota Amaral, edição de Iasmin Alvarez,  criação textual de Marcelo Rayel Correggiari e design gráfico de Marcelo Pestana e Carlos Cirne.

Mas como todos sabemos produzir um filme, mesmo que um curta metragem requer investimentos e elas não são pequenos. Não quando queremos fazer algo bem feito. Então Madeleine está realizando um financiamento coletivo no site cartase.me. Lá quem tiver interesse e bom coração, poderá colaborar com doações a partir de R$15,00 e ainda ganhar uma lembrança do filme.

Bacana né? Então clique aqui e ajude o Sem título técnica mista a sair do papel e ir para as telonas. Mas corra porque você só tem até março, eu estou indo lá agora!!!

Ps.: A Madeleine tem um recadinho para vocês

Anúncios

2 comentários

  1. Super obrigada, Armando, pelo post bacanudo e pelo seu apoio! Vida longa ao “As Cores da Baixada” e que o “Tá Rolando” possa ser uma porta para muitas iniciativas culturais que precisam de visibilidade.

    Boa sorte na sua carreira jornalística! Beijos!

    Curtir

  2. Super obrigada, Armando, pelo post bacanudo e pelo seu apoio! Vida longa ao “As Cores da Baixada” e que o “Tá Rolando” possa ser uma porta para muitas iniciativasaudades culturais que precisam de visibilidade.

    Boa sorte na sua carreira jornalística! Beijos!

    Curtir

Não seja tímido, deixe um cometário...

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s